Planta de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com área de 200 m² e capacidade para 500 litros por dia. Nimis

CÓDIGO - AGR-008

Entre em contato por
WhatsApp +55.31996091982

Para saber mais preencha o formulário abaixo:

Preencha o formulário abaixo para saber mais sobre PEQUENA FáBRICA DE AGUARDENTE, LICORES E DESTILADOS (COGNAQUE) :



*

*

* com DDD código de área da cidade
*

 


 

Entre em contato por
WhatsApp +55.31996091982

Projeto de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com as seções:

Tipo de Inspeção - Federal (Ministério da Agricultura)
Recepção
Fermentação
Destilação
Engarrafamento
Envelhecimento
Depósito
Expedição
Escritório
Vestiários
Refeitório

Outros Setores Necessários para Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

 

Projeto e Plantas de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque):

1) Plantas em arquivo DWG de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) (pranchas em formato A0 ou A1), com:
  • Planta Baixa de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
  • Cortes
  • Fachada
  • Planta de Situação das Construções no terreno
  • Planta dos Escritórios, Vestiários, Refeitórios e outros Anexos do Empreendimento
2) Memorial Básico da Construção de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
3) Lista de Materiais da Construção e Orçamento da Obra de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
4) Cronograma Físico-Financeiro da Obra de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
5) Fluxograma de Produção de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
6) Lista de Equipamentos Principais de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
7) Projeto em 3D de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
8) Layout dos Equipamentos de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
OBS.: Alguns destes itens são serviços opcionais. Peça uma consulta.

Entre em contato por
WhatsApp +55.31996091982



Como Montar uma Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) Projeto e Planta Baixa

Outros Serviços Opcionais

Projetos com Outras Capacidades (maiores ou menores)
Como Montar Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
Projeto de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)
Planta Baixa de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

Entre em contato por
WhatsApp +55.31996091982


Projeto de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com área de 200 m² e capacidade para 500 litros por dia.

 

CLIQUE AQUI para saber mais sobre este Projeto e Planta Baixa de Como Montar Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

 

Projeto de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com área de 200 m² e capacidade para 500 litros por dia.

Como Montar Projeto e Planta Baixa de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com área de 200 m² e capacidade para 500 litros por dia.

 

Outros Projetos para Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) SERVIÇOS EXTRAS OPCIONAIS:

  • Tabela de Informações Nutricionais para Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

  • Projeto Elétrico de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

  • Projeto Hidráulico de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com área de 200 m² 500 l/dia AGR-008

  • Projeto Hidrosanitário de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com área de 200 m² e capacidade para 500 litros por dia.

  • Projeto de Cálculo Estrutural de Pequena Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

  • EAP de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) - Estrutura Analítica de um Projeto de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com área de 200 m² 500 l/dia AGR-008 (Work Breakdown Structure WBS) e EaD para Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

    OBS.: Estes são serviços extras, não incluídos no Projeto Pronto.

FALE CONOSCO SOBRE ESTES SERVIÇOS EXTRAS (OPCIONAIS)


INGLES ESPANHOL ITALIANO

OUTROS PROJETOS:

Como montar Loja Esotérica com 100 m2
DWG Hotel de Lazer com 100 quartos
PDF Fábrica de Tecidos Fabricadas em Tear de Pedal profissional com capacidade para 100 peças/dia.
Planta Baixa de Oficina de Equipamento Eletromecânico com 800 m2
Projeto de Fábrica de Xarope com Capacidade de Produção de 20.000 litros por dia
Como Montar Fábrica de Melhorador de Farinha com Capacidade de Produção de 100 kg por dia
Viabilidade de Fábrica de Chá em Saquinhos com capacidade para 2.000 Kg/dia.
Plano de Negócio de Fábrica de Cachaça Orgânica com capacidade para 3.000 litros/dia.
METAVERSO - Design Virtual de Fábrica de Alimentos a Base de Glicose com Capacidade de Produção de 100 kg por dia
Como montar Fábrica de Bolachinhas Caseiras com Capacidade de Produção de 500 kg por dia

Procedimento para abrir Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque):

Outros Projetos:

Planta Baixa de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) com área de 200 m² e capacidade para 500 litros por dia.

Projeto e Layout de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

DWG Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)


Montar Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) em São Salvador do Tocantins - TO (População estimada 3.058 habitantes)
Alvará Sanitário São Salvador do Tocantins
Alvará de Funcionamento São Salvador do Tocantins
AVCB São Salvador do Tocantins
SIM e VISA São Salvador do Tocantins (Vigilância Sanitária e Inspeção)

Vendo Equipamento Fazer Licor

Modelo De Projeto De Industria De Cachaça

O Que Fazer Para Abrir Uma Empresa De Licores

Equipamentos Para Fabricar Licores

Fabrica De Licores Brasileiras

Nome Para Empresa De Licor

Pequenas Maquinas Para Fabricar Cachaça

Equipamentos Para Fabrica De Licor

Investimento De Uma Pequena Industria De Produtos De Limpeza

Nome Da Erva Com A Qual Se Fabricam Licores

Como Montar Um Cronograma De Pesquisa De Fábrica De Cachaça

Como Montar Uma Maquete Sobre A Fabricação De Cachaça

Quero Comprar Equipamentos Para Fabricar Cachaça

Como Montar Uma Fabrica De Licor

Como Montar Uma Pequena Empresa De Licores

Pequena Fabrica De Licores

Equipamentos Para Fabricação De Licor

Planta Baixa De Cachaça

Planta De Fábrica De Cachaça

Plantas De Fabricas De Cacha25c325a7a

Fabrica De Licor Planta Baixa

Planta De Uma Empresa Pequena

Licores De Poços De Caldas

Layout De Uma Pequena Fábrica De Aguardente

Fábrica De Licores Projeto

Fabrica De Licor Como Abrir

Como Fazer Uma Pequena Fabrica De Cachaça

Como Regularizar Uma Pequena Industria De Licor

Como Abrir Uma Pequena Fabrica De Licor E Doces

Fabrica De Licor Projeto

COMO MONTAR PEQUENA FABRICA DE AGUARDENTE, LICORES E DESTILADOS (COGNAQUE) COM AREA DE 200 M² E CAPACIDADE PARA 500 LITROS POR DIA.

23, parágrafo único, da IN MAPA 19/2013, é proibida a
especificação do nome da fruta, do vegetal e do extrato padronizado na
denominação de qualquer Bebida Composta.
4 - Parâmetros Analíticos:
4.1 - Para a Bebida Composta de Fruta (Abacaxi)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Suco ou Polpa de Abacaxi, em mL/100 mL 5 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.2 - Para a Bebida Composta de Fruta (Açaí, Açaí Fino, Açaí Médio, Açaí
Grosso)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Açaí, Açaí Fino, Açaí Médio, Açaí Grosso, expresso em
sólidos totais, em mL/100 mL 2 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.3 - Para a Bebida Composta de Fruta (Açaí, Açaí Fino Clarificado)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Açaí, Açaí Fino Clarificado, em mL/100 mL 3,5 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares”
- 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.4 - Para a Bebida Composta de Fruta (Açaí Médio Clarificado)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Açaí, Açaí Médio Clarificado, em mL/100 mL 3,0 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética”
- 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.5 - Para a Bebida Composta de Fruta (Açaí Grosso Clarificado)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Açaí, Açaí Grosso Clarificado, em mL/100 mL 2,5 -
Açaí, Açaí Grosso Clarificado, expresso em sólidos totais,
em mL/100 mL 2 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética”
- 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.6 - Para a Bebida Composta de Fruta (Açaí, Açai Clarificado)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Açaí, Açaí Clarificado, em mL/100 mL 10 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares”
- 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.7 - Para a Bebida Composta de Fruta (Cajá)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Suco ou Polpa de Cajá, em mL/100 mL 5 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.8 - Para a Bebida Composta de Fruta (Camu-Camu)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Suco de Camu-Camu, em mL/100 mL 5 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.9 - Para a Bebida Composta de Fruta (Cupuaçu)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Suco ou Polpa de Cupuaçu, em mL/100 mL 5 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.10 - Para a Bebida Composta de Fruta (Goiaba)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Suco ou Polpa de Goiaba, em mL/100 mL 15 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares”
- 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.11 - Para a Bebida Composta de Fruta (Juçara (Euterpe edulis))
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Juçara (Euterpe edulis), expresso em sólidos totais, em
mL/100 mL 2 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.12 - Para a Bebida Composta de Fruta (Juçara (Euterpe edulis) Clarificada)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Juçara (Euterpe edulis) Clarificada, em mL/100 mL 2,5 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares”
- 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.1.1,
2.1.2., 2.2.1 e 2.2.2., alterada pela IN SDA 03/2018, Resolução RDC 42/2013, Resolução RDC 54/2012 e
Resolução RDC 360/2003.
4.13 - Para a Bebida Composta de Fruta (Lima)
Parâmetros Mínimo Máximo
Graduação alcoólica, expressa em %, em v/v, a 20 ºC - ≤ 0,5
Sódio, em mg/200 mL, quando adicionado de cloreto de sódio - ≤ 5
Suco de Lima, em mL/100 mL 5 -
Teor de açúcares, naturais da fruta, em g/100 mL, para a
Bebida Composta de Fruta “Dietética” - 0,5
Teor calórico, em kcal/200 mL, para a Bebida Composta de
Fruta “de Baixa Caloria” - 40
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Baixo em açúcares” - 5
Teor de açúcares (somatório dos naturais e/ou adicionados),
em g/200 mL, para o produto “Reduzido em açúcares”
Redução mínima de 25% no
conteúdo de açúcares e o
valor absoluto da diferença
deve ser de, no mínimo, 5 g
de açúcares
Contaminantes Mínimo Máximo
Arsênio, em mg/kg - 0,05
Chumbo, em mg/kg - 0,05
Cádmio, em mg/kg - 0,02
Estanho, em mg/kg, para bebidas enlatadas - 150
Fonte: Decreto 6.871/2009, art. 12, inciso I, IN 19/2013, arts. 2º e 25 e Anexo IV, IN SDA 30/1999, itens 2.

Como Legalizar Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

Abertura da empresa: Contrato Social, Junta Comercial, CNPJ, Inscrição Estadual, Alvará de Funcionamento para Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

Passo a Passo para abrir Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

Alvará de Funcionamento ou Inscrição Municipal (I.M.) de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque) obtido na Prefeitura Municipal

Projeto de Fundações de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

ISO 14001 em Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

Políticas da Qualidade de Pequena Fábrica de Aguardente, Licores e Destilados (Cognaque)

 



Entre em contato por
WhatsApp +55.31996091982

ou Ligue para> 31996091982- fixo
ou Ligue para> 31996091982- celular